Percepção 50 – Tarde de 20/04/2013

O vento sudoeste levou para longe a nebulosidade presente durante a manhã, e a tarde foi nada menos que espetacular. Céu azul profundo, sem nuvens em todos os quadrantes. Brisa fresca roçando minha pele e temperatura de 24,0C às cinco e um dessa tarde de outono.

Meu amigo bem-te-vi se aproximou várias vezes da varanda e, de uma antena de TV, me encantou com seu canto, enquanto continuava a releitura de “A lua numa gota de orvalho” com os escritos do mestre Dogen. Em alguns momentos parecia a encarnação do pássaro mítico kalavinka…

Assisti à Sessão Philos TV com a apresentação do pianista Joaquín Achuro no Teatro Real de Madri, a partir das dezesseis horas. Brisa fresca roçando meus ouvidos. Simplesmente emocionante. Perto das dezoito horas, ao cair da noite, inspiração para um breve haicai.

brisa noturna
roçando meus ouvidos
bater de asas…

Eduardo Leal
Fotos de Eduardo Leal

Registro de temperatura

Panoramica da tarde

Bem-te-vi na TV

Percepção 44 – Manhã de 16/04/2013

O dia amanheceu com o céu totalmente azul e com as ruas e calçadas ainda um pouco molhadas. A chuva leve que caiu em vários momentos durante o dia de ontem não se estendeu pela noite e madrugada. Nem uma única nuvem sequer no céu claro, enquanto uma brisa fresca fazia a folhagem das copas das árvores acenarem suavemente. Temperatura de 20,9C, às sete e treze dessa vigésima oitava manhã de outono.

Algumas fragatas cruzavam o céu tranquilamente enquanto pequenos grupos de andorinhas dominavam a pracinha fazendo voos rasantes nas copas das árvores.

A passarada esteve em festa desde cedo. Vários cantos e trinados por todos os lados. O grito estridente do bem-te-vi, sempre o primeiro, foi ouvido em todos os quadrantes. Nenhum clique dos meus amigos emplumados nessa manhã.

As plantas da varanda pareciam advinhar o céu azul espetacular e se enfeitaram de clorofila e cores. Avencas, samambaias, flores rosadas da azaleia e uma folha novinha em folha, verdinha, de uma mudinha de pé de graviola, a mais nova da varanda.

novo em folha
o broto se desdobra
faz sua escolha

Na meditação de hoje, de olhos abertos, olhar suave na paisagem mutante, vista através dos vidros da varanda. Depois disso, durante o período de contemplação e reflexões, a queda de um coco na pracinha ofereceu inspiração para um breve haicai:

ruído oco…
tum! do coqueiro-anão,
queda do coco.

Eduardo Leal
Fotos de Eduardo Leal

Registro de temperatura

Rua e calçadas húmidas

Quadrante sudeste

Ao sul do céu

Quadrante sudoeste

Voo da fragata

Samambaias

Novinha em folha

Azaleia